Português Bonito!!


Hi people!!

Hoje vou contar coisas que talvez não te contaram, ou você se esqueceu, assim como eu, beleza?

Quando declaramos:

Cara você é um parasita!

A não ser que Cara seja uma planta ou faça parte do mundo animal, sua frase está incorreta,Quando se trata de Pessoas o correto é Parasito, portanto:

Cara você é um parasito!
ou

Nossos políticos são, em sua maioria, uns parasitos!

Legal né?!

Outro:

Eu resido à Rua fulano de Tal.

Pois bem, desculpe mas você não reside à , mas sim na. Assim acontece com palavras como morados, residente, situado.

O correto é:
 Eu resido na Rua Fulano de Tal.

A loja está situada na rua Beltrano.

Certinho?!

A ultima de hoje:

Não se pode prever  tais acontecimentos.

Não, não, o verbo concorda com o sujeito: Quem não se pode prever? Acontecimentos ( plural), por tanto:


Não podem ser previstos tais acontecimentos.


E aí foi bom para você??


Então volte sempre!!!

Kisses!!

Da alma!

Incertezas

Vem você com seu querer,
Fico com meu duvidar.
Me permita dedilhar a saudade que virá,
Da falta que talvez fará, sorrir ou chorar.
Vem você com sua incerteza, de um futuro
Uma riqueza,
Fico eu com meu cansaço,
Novamente deixa claro,
Tem medo do fracasso,
Bora arruma suas bagunças,
Levanta e caminha
Deixa a vida te ensinar,
Do que sorrir, pra que chorar
Ergue a cabeça endireita os joelhos.
Vem você com sua saudade,
O que foi não será mais
Fico eu!Não ficarei mais,
Partirei pra nunca mais.


Autoria:Cristina




Resenha!! BB Cream Active dermato O Boticário

Hi People!!

A Páscoa chegando, e eu já estou cheia de  tanto comer chocolate...é sou chocólatra, mas exagerei essa semana...(aiai!!).



Bora para o assunto de hoje que é sobre um produto que adquiri, confesso foi sem pensar, na pura ansiedade de consumir, (é tenho estes momentos as vezes, são raros! Mas tenho!).

Comprei este  BB Cream Active dermato do O Boticário, e vou revelar que não sabia bem a função dele quando comprei. 

Então vamos lá para minhas impressões:

Português Bonito!!



Hi People!!

Nova regra Ortográfica, veio para ajudar ou complicar? Diga aí!

Imagem: Folha Online



Ordem e Progresso

Oi Brasileiros!
Aqui deixo o meu respeito pelo meu país!
Sem politicagem, sem partido, só um cidadão que cansou de ver o país na "lama".
Lama da Saúde precária, da economia ferida, da educação abandonada, da corrupção e de políticos sacanas!

Parte I
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da pátria nesse instante.
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.
Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
Parte II
Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
Do que a terra, mais garrida,
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores."
Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
- "Paz no futuro e glória no passado."
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.
Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
Letra: Joaquim Osório Duque Estrada
Música: Francisco Manuel da Silva

Livre de cravos!! Cuidados com a pele!

Hi People!!

Que saudade de escrever aqui!!
Estou viciando...nisso, bom né!

Bora falar de produtos de beleza que nos ajudam a "Divar" ( mesmo que seja para os de casa, no meu caso para os meus três homens!!).

Hoje vou contar para vocês minha experiência  com um produto que estou usando há um ano, que me ajuda no controle dos cravos: Clearskin Blackhead eliminating da Avon.
Minha pele é mista, o nariz e  o queixo são as partes mais tensas, por serem muito oleosas,e junto com outros produtos que uso para limpar minha pele ele ajuda nesta função de controle dos cravos.
Já vou dizendo de cara que este produto não faz milagres! Continuo tendo problemas com cravos, porém sinto que houve uma diminuição bem agradável do surgimento destes pontinhos pretos.


Como utilizo Clearskin Blackhead eliminating da Avon:

- Faço uma limpeza geral uma vez por semana; uma faxina na pele mesmo!
- Depois que a pele está limpa aplico o produto em toda a zona T ( Testa, Nariz e queixo).
Bom no meu caso não o utilizo em minha testa.



- Após dez minutos ou quando percebo que o produto secou, começo a puxar pela parte de cima do nariz bem devagar;

- E vou retirando;

- E por fim, lavo o rosto novamente retirando o que restou do produto;

Como disse ele não faz milagres, mas ajuda sim! Alivia o efeito dos cravos e até ajuda a secar espinhas. E gosto da sensação de pele fresquinha que ele proporciona.
Repetindo, uso uma vez por semana, antes de passá-lo limpo bem a pele, (posso até postar com quais produtos faço a limpeza é só pedirem!), e depois lavo bem o rosto somente com água fria, para retirar os resíduos.

É isso, cuidados com a pele é importante para nosso bem estar físico e mental, então não relaxem meninas e meninos!!
 Kisses!

A Intolerância na vida de uma mãe!

Hi!
Espero que estejam todos bem, e que a semana de vocês tenha começado, diferente da minha!
Quero falar hoje de um assunto que para mim como mãe está sendo bem complicado.
Meu filho mais velho, que esta com seis anos, tem Intolerância a Lactose. Preciso confessar que desde recém nascido eu tenho passados maus bocados com ele,sempre vomitava todo o leite após a amamentação, e depois de passar por três pediatras encontrei uma LUZ!! Um exame complicado, mas necessário apresentou insuficiência do Hiato, o comum refluxo. E foi assim o primeiro longo ano do meu Samuel, noites inteiras sem dormir, o remédio não cumpria o que prometia e eu passava a noite sentada com ele nos braços, na única posição que ele não vomitava e se sentia bem. Um verdadeiro terror, muito stress, que com o passar do primeiro ano foi se acalmando e resolvendo por si só.
Porém o tempo passou, rápido por sinal, enquanto vivíamos felizes no país das maravilhas; no ano passado descobrimos o nosso atual desafio.
Como sempre até eu encontrar uma resposta ele passou por mais noites sem dormir com cólicas intestinais, muita diarreia, e tudo resultava em cansaço, muitas faltas na escola e muito choro.
Quando decidi levá-lo eu já estava tirando o leite da rotina alimentar dele, porém sem muito resultado, e acreditando que poderia ser a volta do refluxo.
Então vou contar a minha experiência, eu o consultei primeiramente com um pediatra do SUS, que sem exame algum, somente pelo relato, já declarou que meu filho era Intolerante a Lactose.
Como sou muito desconfiada, e ninguém na minha família tinha esse problema, levei em um pediatra que atende pelo meu plano de saúde. Ele pediu alguns exames como de fezes, urina e o teste de lactose, que vou explicar como foi: meu filho foi em jejum ao laboratório onde coletaram a primeira amostra de sangue, em seguida deram a ele um composto para tomar com a proteína Lactose. Aguardaram meia hora, e coletaram outra amostra do sangue e se repetiu mas duas vezes essas coletas foram em intervalos de 30, 60 e 120 minutos. É um exame sofrido e ver meu bebê sendo picado três vezes não foi fácil, mas são sacrifícios que aceito para agir na certeza, pois se trata da saúde do meu filho.
E fomos embora, mas para minha surpresa e absoluta certeza, antes de conseguirmos virar a esquina meu filho começou a chorar de dor, parei no primeiro estabelecimento que vi é pedi um banheiro, ele teve a pior de todas as diarreias naquele dia, fiquei mais de 20 minutos com ele no banheiro vi meu filho ficar pálido de dor.
Haviam umas bolachas de água e sal em minha bolsa, e assim que sai do banheiro com ele, comprei água e o fiz comer e tomar a água bem devagar, ele foi retomando as forças... com tudo isso antes dos exames chegarem eu já sabia o resultado.
(foto: Google Imagem)
Explicando o que é Intolerância a Lactose: Este nome se dá á incapacidade total ou parcial que o organismo tem de digerir o açúcar do Leite e seus derivados. Ocorre porque algumas pessoas não produzem, ou produz em baixa quantidade a enzima chamada lactase, responsável por quebrar e decompor a Lactose, que é o açúcar do leite.Um dado: Cerca de 40% da população brasileira tem Intolerância a Lactose.( fonte Wikipédia e  site do Dr. Drauzio Varella)

E passaram-se sete meses, desde o exame e posso dizer a vocês como é complicado essa vida, aqui onde moro todos os produtos zero lactose são absurdamente mais caros, e a orientação do pediatra foi simples: cortar tudo o que conter com leite, e seus derivados. Eu sei que há um remédio que contem a enzima, mas não foi receitado pelo médico. Mesmo assim ele estava indo muito bem, não foi necessário ensiná-lo a se alimentar, por si próprio passou a questionar sobre todos os alimentos, se eram feitos com leite, recusava.
Ah não é fácil! Eu tenho adaptado algumas receitas de biscoitos e pães...porém nem tudo é possível adaptar, os doces são uma tentação que as vezes eu acabo permitindo que ele prove, mesmo sabendo que contém leite. Pode não ser o fim do mundo,mas ele é só uma criança de seis anos a pleno vapor, e que já vive com uma restrição.
Agora voltando ao dia de hoje, meu filho teve um fim de semana onde ele pediu queijo e eu acabei deixando-o provar, depois veio o sorvete, o pão que a avó trouxe, e só depois ela me disse que havia esquecido de avisar que colocou leite na massa, aff!!! (Ninguém coopera), como resultado ele passou mal logo de manhã, nesta segunda-feira, muita dor abdominal com uma leve diarreia, que passou nas primeiras horas da manhã, porém fizeram-me sentir como uma fracassada.
E assim eu vou seguindo, mãe de dois meninos, fracassando quase sempre, tentando acertar e feliz de tê-los comigo, mesmo assim.

Kisses!!!

Ele ama desenhar!!!

De tudo fica um pouco Entrevista

Hi People! !!

Hoje venho apresentar esta novidade do Blog que pretendo explorar, irei realizar entrevistas algumas vezes e os entrevistados serão pessoas comuns (apesar que, para mim ninguém é comum) que pode ser você, só precisa me convencer...hehe!!
E dando início entrevistei uma pessoa muita querida, que sou fã do trabalho e da dedicação dela.
Vou apresenta-la:

Ana Paula N. Cavallari
Natural de Três Lagoas-MS
Casada há 22 anos
Mãe de três meninos
Sou artesã há mais ou menos 10 anos, uso de tudo um pouco, gosto de misturar, Biscuit com pinturas decorativas, tecido, tintas e fitas. Vivo recomeçando, que nem me lembro mais quando comecei, mas somando deve dar uns 10 anos, parei por um tempo a cada nascimento dos meninos, mudança de cidade  mas volto correndo sempre.


Então bora para as perguntas:
1) Como o artesanato começou a fazer parte da sua vida?
Tenho pensado muito sobre isso nestes últimos tempos, lembro que minha primeira arte foi pintar caramujos quando criança. Mas começou mesmo quando tive o primeiro filho e resolvi que não iria mais trabalhar fora, queria ficar com eles todo tempo, como sou muito agitada, fui vendo revistas e fazendo as artes .
2) Conte-nos um pouco sobre seu trabalho.
Hoje sou artesã assumida, vendo em feiras, algo que amo, porque artesanato é um trabalho solitário, e assim posso estar no meio do povo, vendo gente, fazendo  amizades com outros feirantes e clientes. Não sou dessas que tem rotina rígida, na verdade acabo deixando para última hora, as encomendas e as produções para feiras, também largo tudo para estar em família, sei bem quanto tempo levo para produzir e assim tudo se ajeita e fico feliz e faço os clientes feliz .
3) De onde vem sua inspiração para as peças?
Já criei meu estilo o que facilita muito, busco imagens reais e de algumas artesãs que admiro, gosto de trabalhos fofos, meu slogan é "Aninha Cavallari deixando o mundo cheio de fofura", parto dessa ideia, fazer fofuras.Se estou sem inspiração o que acontece muito, crio uma peça para presente ou para minha casa, criar pensando na pessoa ou para deixar seu lar um cantinho fofo é bem fácil. Sempre crio pensando que vai ficar lindo, que é fácil fazer, mesmo que tenha que modelar 400 bracinhos, 100 cabecinhas, mil flores. Lembrancinhas em quantidade são números, gosto de somar tudo (uma maluquice da minha cabeça).
4) Como você organiza seu horário de trabalho?
Acordo, ajeito a casa, acordo meus filhos, alimento -os, coloco eles para fazer as lições da escola,  e acabam me ajudando  também nas tarefas da casa,  vou para o atelie, começo as 9:00 h e fico até as 11:20 h, mas tem paradas para trocar uma fralda, ver se a lição está certa. Então vou para a cozinha preparo almoço, no máximo 12:10 h tem que estar com almoço na mesa porque a van vem buscá-lo. Depois que um deles já foi o outro que estuda na  parte da manhã lava a louça, o que é uma ajudona, organizo a cozinha, só volto ao trabalho 14:15 h, uso esse tempo para dar uma olhada na internet, postar trabalhos, responder e-mail, volto e paro as 17:30 h. Quando todos estão em casa tem o banho, o lanche. Se tenho prazo de entrega volto ao trabalho se não vou curtir a família.
5) Qual o meio de divulgação que te dá mais resultado?
Redes sociais é bem legal, os clientes já veem na hora .
6) Nos dias atuais é possível pagar as contas com o artesanato?
Sim, você fidelizando clientes e fazendo um trabalho com ótimo acabamento, sempre terá clientes.
Tenho clientes para quem fiz as  lembrancinhas de chá de panela, casamento, chá de bebê, nascimento, batizado, enfeites quarto, e dos aniversários, também presentes para amigos e parentes, quando você acha clientes que valorizam o artesanato fica fácil, também ofereço valores que sejam bons para mim e clientes. Claro que isso não é da noite para o dia, tem que ter dedicação, responsabilidade, amor por tudo que faz, acreditar em você e no seu trabalho .
7) O que mudou da época em que você começou para hoje?
Há muito mais materiais e ferramentas, também mais concorrência leal e desleal, mais pessoas gostando de artesanato e redes sociais o que ajuda muito .
8) Você tem alguma dica para as arteiras que estão iniciando?
Evoluir sempre, fazer cursos, se aperfeiçoar, amar o que faz, se apaixonar por suas peças, ser honesta, pedir ajuda, não ter medo dos desafios, eu amo desafio, me faz crescer, criar algo que nunca fiz me impulsiona, estudo a peça, busco inspiração, faço, se não gosto, faço novamente até ficar como sempre digo "padrão Aninha Cavallari", essa é outra dica: criar um padrão, não dá para fazer algo lindo e depois algo mais ou menos. Criar seu estilo próprio, que quando alguém olhar vai dizer "foi a Aninha Cavallari quem fez" .
9) O que te motiva a continuar ?
Amo o que faço, foi o que escolhi ou o que me escolheu ainda não descobri, ter meu próprio dinheiro, poder fazer coisas para os filhos, cuidar de mim, realizar meus sonhos e desejos .
10) Quais os projetos para este ano de 2016?
Continuar com as feiras, vender mais na loja virtual, que com a gravidez e os primeiros meses e anos do Pedro, acabei deixando ela parada, agora está na hora de voltar com tudo, criar um mostruário novo e vender muito.
11) Você prefere encomendas em grandes quantidades ( lembrancinha, várias peças iguais), ou peças únicas?
Gosto dos dois, tenho esse problema, não fazer uma coisa só, mas como misturo tudo acaba dando certo para mim, vejo muitas pessoas que se dedica a uma única coisa e da super certo, mas preciso aprender sempre, misturar e fazer feira me ajuda, lá posso criar peças únicas e vendê-las sem compromisso e junto vem as encomendas, essas acabam dando mais dinheiro, confesso não vou apegada a dinheiro, ele é bom, mas poder criar sem compromisso é muito bom para minha alma, digo que ela é livre.
12) Qual horário você produz mais, manhã, tarde ou noite?
Como criei uma rotina, amanhã e tarde, noite só quando me atrapalho nos prazos ou vou produzir para uma data específica como dia das mães e natal .
13) De todas as peças feitas tem alguma predileta?
Não, sempre me apaixono por todas, apesar de achar que não está legal, ir dormir acordar e achar linda. Sou um pouco crítica e se algo me incomoda, refaço sem preguiça ou jogo fora sem dó, é o que falei de manter um padrão .
Bem para encerrar,  sabemos que De tudo fica um pouco, então nos conte o que fica nos trabalhos feitos pelas mãos de Aninha?
Muito amor, amo cada peça, fico acariciando, converso com elas, são meus filhotes, chamo de "bebe da mamãe, fofuras".Todo artesanato feito com amor vai um pouco da pessoa junto .

Agradeço imensamente por sua participação aqui, te desejo muitas encomendas e muita inspiração para continuar enchendo o Mundo de Fofuras.

A seguir fotos do trabalho dela e contato para quem se interessar.

E- mail: aninhacavallari@gmail.com







© De tudo Fica um Pouco - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout por: MPC Criação.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo