História da Moda a Série...Parte II

Oi pessoas!!

Como foi o começo de semana?
Espero que tenha sido maravilhoso...

Sendo assim "bora" para o que interessa, um pouco mais desta história que está me encantando, e espero que a você também.


História da Moda Parte II

No post anterior vimos um pouco de como a roupa passou a fazer parte do nosso dia a dia.

Retornando a Pré-História, podemos acrescentar que os homens primitivos perceberam não só a necessidade de cobrir seu corpo, como também viram que era indispensável que os materiais para a confecção das vestimentas (peles de animais) teriam que ser maleáveis, e confortáveis, principalmente para não atrapalhar na caça. 




E cabia então ás mulheres pré históricas a função da mastigação desses materiais, outra técnica utilizada também era sovar as peles molhadas com um malho (martelo comprido e com cabeça pesada, sem orelha nem dentes) depois de retirado todo resquício de carne. O processo de curtimento veio com a descoberta de que árvores como o salgueiro  produziam um ácido ( Tânico), que poderia ser extraído deixando as cascas das árvores de molho na água.

Malho


Quando o homem deixou de ser nômade e passou a dominar a pecuária e a agricultura, houve um grande avanço na área têxtil, surgindo a feltragem que evoluiu posteriormente para tecelagem.

Feltragem -> processo criado na Ásia Central, onde lã e pelos são penteados, molhados e colocados em camadas sobre uma esteira. A seguir enrola-se a esteira com força e bate-se com uma vara, os pelos são compactados formando um feltro que pode ser cortado e costurado para a confecção de roupas e tendas.

www.detudoficaumpouco.com.br
Imagem do Google

Mesopotâmia

É o berço de uma das mais antigas civilizações, esse nome significa " Terra entre dois rios", localizada no Oriente médio, entre os rios Tigre e Eufrates,dando origem aos povos assírios, sumerianos e babilônios.
Os assírios e babilônios se vestiam com túnicas unissex com mangas curtas. (Foto a seguir)


Nas classes sociais mais baixas homens e mulheres vestiam o mesmo estilo de túnica, variando apenas pelo uso de um cinto, já na nobreza as vestes eram mais longas e para cada status adicionavam bordados e ornamentos ás túnicas. 


A barba nos homens também era um símbolo de poder, sendo que alguns chegavam a utilizavam barba postiça, bem tratadas e cuidadas.




E por hoje é isso pessoas queridas...quarta que vem vamos adiantar mais esse assunto. 



Até o próximo post!










© De tudo Fica um Pouco - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout por: MPC Criação.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo