7º Passo Para Mudar Uma Vida - Viva o Presente!

Oi Pessoas!

Estamos no 7º Passo e  por isso quero lembrar vocês (nós) que estes passos são para a vida toda, a cada momento devemos rever estes passos e analizar como estamos vivendo!

E para esclarecer um pouco mais, estes passos estão realacionados a tudo o que eu li e aprendi sobre diversos assuntos, porém todos relacionados ao tema Autoconhecimento, e na verdade se trata de um resumo daquilo que é necessário para alcançarmos todos os nossos objetivos.

E hoje neste passo quero trazer um assunto, muito óbvio, porém tão difícil de ser vivido:




Viver o presente é algo que você já deve ter escutado inúmeras vezes, mas a pergunta que vale um milhão de dólares é :" Como viver o Presente?"
Quando decidimos viver o presente, sem se preocupar 24 horas do nosso dia com passado/futuro, vamos perceber que mesmo focados no presente estamos sempre com nossos pensamentos 5 min. a frente, ou relembrando esses minutos passados.
Aí eu penso, será que é possível viver só no presente? Não sei te responder com provas reais, porém acredito que sim. Mas isso não deve ser algo que nos perturbe, pois se você entrar nessa "pira" de manter-se focado no presente perceberá que você sempre está pensando segundos à frente ou no passado, isso pode virar uma guerra em você, ou te levar a desanimar, e essa não é a idéia.

A idéia, na minha visão, não é você enlouquecer para viver o presente, mas aprender a viver um minuto de cada vez!

Como assim?
Viva profundamente cada momento de sua vida, seja momentos bons ou ruins, aprenda a apreciar tudo o que te acontece sem fugir para o futuro ou para o passado, não é fácil, partindo do princípio de que somos muito anciosos e buscamos sempre um final feliz. Com isso em nossa mente, existe algo que nos leva constantemente a raciocinar se o que estamos vivendo de bom ou não ira durar por muito tempo, ou então busca referências no passado de algo que você já viveu, isso tudo na maioria das vezes de forma inconsciente.
Aqui é que está o "pulo do gato", quando conseguimos perceber esta artimanha da nossa mente, e sabendo que estamos buscando um Final Feliz, temos que entender que não existe um final feliz, o que existe é um caminho saudável e bem vivido, e para isso o caminho deve ser vivido com profundidade, por exemplo: aprecie seu almoço, mastigue e esteja o máximo que der presente neste ato, converse com um colega e dê toda atenção possível ao simples ato de escutar, sem julgar, olhe ao redor enquanto caminha, sinta o seu tato ao tocar um objeto, sem estress, sem cobrança, mas com perseverança, você se tornará cada dia mais presente em sua própria vida.

Mas Juliana, então não devo ter um objetivo?

Sim você deve ter um objetivo para alcançar, mas depois que você definiu e sentiu aquilo que você quer lá no futuro, aprenda a viver o caminho que te levará a ele para que você consiga valorizar o que você vier a alcançar.
Tudo o que acontece é bom e necessário para que nos tornemos pessoas melhores, confie na vida!


Até o próximo Post!

Passo Anterior:


© De tudo Fica um Pouco - 2015. Todos os direitos reservados.
Layout por: MPC Criação.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo